RINHAS

Mais uma prova da crueldade humana.

Colocar animais para lutarem até a morte. 

Que tipo de gente consegue sentir prazer e se divertir em um espetáculo sangrento e cruel?

Que tipo de gente cria um animal desde filhote para vê-lo ser trucidado, ver seus pedaços serem arrancados  por outro... e considerar isso diversão?






As rinhas fazem com que os animais protagonizem um espetáculo sangrento. Eles são treinados para matar, para brigar até a morte. Alguns rinheiros injetam drogas para melhor a performance do animal.

Pit Bull

As rinhas de pit bull são um triste espetáculo de crueldade contra animais . Dois cães de raça
(fruto do cruzamento do bulldog inglês com game terrier) são postos para brigar até que um dos donos desista da luta ou um dos animais morra.

Para atiçá-los, os preparadores usam outro animal (vivo) como isca: pode ser um coelho ou uma galinha. Os animais então se engalfinham, cravam os dentes afiados no pescoço do outro, é como um vale tudo de cães.

Uma das técnicas cruéis usadas para treina-los para as rinhas é prende-los num buraco de dois metros de profundidade por um de largura. No cubículo,
o treinador joga no animal água gelada, sangue de outros bichos, dá choques elétricos e entrega animais para serem devorados vivos. São condicionados com exercícios físicos como correr em esteiras, puxar pesos, carregar correntes. Pneus velhos são usados para simular o inimigo.

Eles mordem tanto que ficam com a mandíbula de pedra. Geralmente, são ensinados, ainda filhotes, a morder e matar gatos suspensos em gaiolas. Tudo é feito para deixar sua agressividade fora de controle.

O pit bull é considerado o melhor cão de combate, devido à tolerância à dor e a habilidade de luta. Os veterinários garantem que os cachorros dessa raça não são violentos por natureza. O comportamento agressivo dos pit bulls é determinado pelos seus dono, que torturam os bichos para torna-los ferozes e furiosos.

Canários

Nas rinhas de canários dois machos são estimulados a disputar uma fêmea até a morte, mas o vencedor não fica com ela: é preparado para proporcionar novos lucros aos criadores.

Galos
As rinhas de galo são comuns no Amazonas, Rio de Janeiro, Goiás e Paraná. Nessas rinhas os animais têm esporas e bicos reforçados com pontas de aço e são forçados a lutar até a morte. O que é no mínimo uma atitude covarde. Se essas pessoas têm tanta agressividade reprimida, devem procurar tratamento psicológico ou entrar eles mesmos em lutas livres.

Se você souber de algum caso de rinha, denuncie nos distritos policias que são competentes para receber a notícia-crime, sendo indicado procurar o mais próximo do local em que o crime ocorreu. Maltratar qualquer animal doméstico é crime
(lei 9605/98 art.32) com pena de três meses a um ano de prisão.

Fontes:
Adaptação de Revista tudo, nº41-2001
Website: www.suipa.org.br
"O espírito animal" - Léo Artese - Editora Roca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário