Brigitte Bardot envia carta à Presidente Dilma



                                                                                                                                                                                                                                                                01'11111120205/06/2012
 
 
Carta aberta à Senhora Dilma Roussef
Presidente da Republica Federativa do Brasil

Excelentíssima Senhora Presidente,
Escandaloso, (vou tornar esse fato mundial) chegou ao meu conhecimento que seu país está se conduzindo de maneira vergonhosa e inadmissível no projeto em andamento que criará jeques para abate e envio à China para que estes se transformem em alimento e matéria prima para cosméticos: Um verdadeiro genocídio animal dos jumentinhos brasileiros!

Eu que tanto amei o Brasil deixando um traçado marcante em minha passagem por Búzios. Estou passada, revoltada em ver esse país colaborar com a China para matar 300.000 jegues explorados pelo homem que deveria deixa-los em paz.

Vossa excelência não pode como Presidente da Republica, mulher e ser humano aceitar essa barbaridade, esse retrocesso que manchará profundamente a imagem do Brasil.
Em vossa alma e consciência eu vos suplico em por um fim a essa barbaridade:

Gandhi disse: " Julga-se uma nação pelo modo que esta trata os animais.

Conto infinitamente com vossa excelência, coloco todas as minhas esperanças em suas mãos e no amor que nutro por vosso país.

Brigitte Bardot
Presidente da Fundação Brigitte Bardot
24 de maio de 2012
 
Leia a carta original em: http://www.fondationbrigittebardot.fr/international/animaux-domestiques/actualites/anes-du-bresil-exportes-en-chine
 
Tradução Suzy Bernard
 
Instituto Nina Rosa - Projetos por amor à vida
Organização independente sem fins lucrativos
 
Para receber este informativo,
cadastre e-mail 
aqui.
Siga o INR no Twitter: 
@ninarosabrasil
Conheça o blog da Luka
 
.
 

Um comentário:

  1. Postei no meu facebook e amigos criaram uma petição pública contra o envio dos jumentinhos à China. Obrigada por divulgar essa matéria.

    ResponderExcluir