Editaldo Governo apoia métodos alternativos ao uso de animais em pesquisas


O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), por meio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), publicou nesta segunda-feira (3), no Diário Oficial da União (DOU), chamada pública com o objetivo de selecionar propostas para estruturação da Rede Nacional de Métodos Alternativos (Renama). O prazo para envio vai até 18 de outubro.
A Renama foi criada, por meio da Portaria 491, de 3 de junho de 2012, com o objetivo de atuar no desenvolvimento, validação e certificação de tecnologias e de métodos alternativos ao uso de animais para os testes de segurança e de eficácia de medicamentos e cosméticos. Outra atribuição da rede é a de promover a maior integração de trabalhos e estudos colaborativos relacionados de grupos que atuam no desenvolvimento de métodos alternativos.
Por meio da Chamada MCTI/CNPq 25/2012, estão previstos recursos da ordem de R$ 1,1 milhão para propostas voltadas para as linhas temáticas: financiamento de projetos de pesquisa para implementação em laboratórios brasileiros, para desenvolvimento e validação de modelo de pele humana reconstituída na forma de kits para testes de segurança e eficácia e de métodos alternativos ao uso de animais já validados e reconhecidos internacionalmente.
Do total, R$ 950 mil se destinam a itens de custeio (material de consumo, serviços de terceiros e passagens, entre outros itens) e R$ 149 mil são para itens de capital (material bibliográfico, equipamentos e material permanente).
As propostas devem ser acompanhadas de arquivo contendo o projeto e encaminhadas ao CNPq, exclusivamente pela internet, por intermédio do formulário de propostas online disponível na Plataforma Carlos Chagas. A chamada e o regulamento podem ser conferidos aqui.


Nenhum comentário:

Postar um comentário