Taiwan proíbe produtos derivados da exploração de focas



Foto: Reprodução/Beacon News
Na semana passada, Taiwan introduziu uma proibição à importação de produtos de foca, semelhante à proibição adotada pela União Europeia em 2009.   As informações são da Organização sueca de direito e proteção animal Djurens Rätt.
Taiwan aprovou uma lei que proíbe a importação de produtos derivados da foca, como por exemplo, óleo, pele e carne. Assim como na proibição da União Europeia, aplica-se, entretanto, uma exceção para caça em pequena escala praticada pelos povos indígenas. Entre 2007 e 2011, Taiwan foi o quarto maior importador mundial de óleo de foca e o terceiro maior importador de carne do mesmo animal. Uma redução drástica na venda de óleo de foca foi constatada desde então, como resultado de campanhas contra caça às focas, mesmo apesar do governo canadense investir fortemente no mercado asiático, após a proibição pela UE. A proibição do comércio de produtos derivados da foca está prevista atualmente em 34 países, dentre eles os países-membros da UE, Rússia e os Estados Unidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário