Homem é multado em R$ 255 mil por maus-tratos contra aves em cativeiro

Pássaros foram apreendidos em Lins (Foto: Divulgação / Polícia Militar Ambiental)


Um vigilante de 57 anos foi multado em R$ 255 mil por maus-tratos a animais silvestres e exóticos e por mantê-los em cativeiro. A Polícia Militar Ambiental apreendeu 40 pássaros da fauna silvestre mantidos em cativeiro e 35 pássaros exóticos, na casa do homem no Bairro Ribeiro, em Lins (SP), neste sábado (24).

As aves estavam em situação de maus-tratos, em gaiolas sujas e em ambiente sem ventilação. Dentre os pássaros nativos, haviam espécies ameaçadas de extinção como azulão-verdadeiro, caboclinho e patativa-verdadeira. Também foi localizado um alçapão armado.

O responsável foi autuado por manter animais em cativeiro e por maus-tratos à animais silvestres e exóticos.

As aves foram apreendidas e o vigilante responderá processo judicial em liberdade.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário