Ativistas veganos invadem tourada para retirar espadas fincadas em touro que agonizava

No último sábado (25), dois ativistas do grupo Vegan Streaker Group (Facebook) invadiram a arena Plaza Real Maestranza, em Sevilla, na Espanha. Todas as semanas a Plaza Real Maestranza realiza touradas, onde touros são covardemente assassinados com espadas em suas costas enquanto o público aplaude.

Logo após o último golpe no touro, quer perfurou a cabeça do animal, os ativistas pularam na arena com cartazes onde mostravam as fotos dos toureiros como criminosos procurados. Os ativistas escreveram em seus próprios corpos as frases “não matarás”, “parem a tortura” e “vergonha nacional” para protestar contra o costume das touradas, consideradas um tipo de esporte na Espanha.

Driblando seguranças e até os toureiros, um dos ativistas conseguiu se jogar em cima do touro, que agonizava no chão. Em vão e apenas por alguns segundos, o manifestante tentou retirar as espadas fincadas no animal. Enquanto isso o público vaiava, reprovando a atitude do protesto. Após serem retirados do local por dezenas de seguranças, os ativistas foram agredidos.

A intenção do grupo é chamar a atenção da mídia e mostrar às pessoas que a tourada é arcaica e cruel. Esta não é a primeira vez que o Vegan Streaker Group invade uma arena de touradas. E, a julgar pelo entusiasmo com que eles fazem isso, não será a última.

Se você também é contra maus-tratos a animais vai gostar de saber que existem muitas pessoas que estão pensando como você. São os veganos. Conheça mais em www.sejavegano.com.br.

Vista-se


Nenhum comentário:

Postar um comentário